news


Divulgados vencedores do Concurso Nacional de Cervejas Caseiras

Após muita expectativa, o 4º Concurso Nacional de Cervejas Caseiras da Agrária Malte conheceu seus vencedores. O resultado foi divulgado na manhã de sexta-feira, dia 31 de agosto. Para chegar ao veredicto, os jurados se reuniram no final de semana anterior, dias 23 e 24 de agosto, para avaliar as recebidas até o prazo de 10 de agosto.

A primeira colocação ficou com o mineiro José Lineu dos Santos Pereira, da cidade de Cambuí. O segundo colocado do concurso nacional foi Nerino Consoni Junior, de Maringá (PR), e a terceira posição foi conquistada pelo gaúcho Augusto Tubbs de Lucena Scheifler, de Caxias do Sul.

Para o campeão José Lineu, concursos como esse são uma grande oportunidade de aperfeiçoamento para os cervejeiros caseiros. “Eu passei dez dias estudando os maltes, lendo a ficha técnica dos ingredientes e estudando os estilos. Essa foi, até hoje, a receita que eu mais demorei para fazer”, relatou o mineiro, que produz cerveja em casa desde 2015. “Eu acho fundamental esse tipo de concurso. Afinal, todo cervejeiro tem seu grupo de amigos cervejeiros, onde um ajuda a avaliar a cerveja do outro. Mas receber um prêmio nacional é uma validação real de que se está no caminho certo”.

José Lineu ganhou uma produção de sua cerveja na Cervejaria Experimental da Agrária com todos os custos de insumos e despesas com transporte, hospedagem e alimentação pagos, além de inscrição gratuita no Workshop de Cervejas Especiais 2019, organizado pela Agrária. Tanto Nerino quanto Augusto também faturaram uma produção na Cervejaria Experimental e deverão fazê-lo ao longo do próximo mês de dezembro.

Ao todo, o 4º Concurso Nacional de Cervejas Caseiras da Agrária Malte contou com 250 inscritos. Para essa edição, os rótulos deveriam se ater à Escola Belga, sendo que podiam participar 16 estilos enquadrados no Beer Judge Certification Program (BJCP) – Style Guidelines 2015.

De acordo com a jurada Francesca Sanci, gastrônoma e sommelière de cervejas da cervejaria Motim (RJ), a qualidade das cervejas do concurso foi muito elevada. “Eu já julguei concursos de confrarias no Rio de Janeiro, e eu pude perceber que ao longo dos anos as cervejas foram melhorando muito. O que eu estou vendo aqui são cervejas caseiras muito boas, sem defeitos gritantes. O pessoal tentou realmente respeitar o estilo, e o nível está bastante elevado”.

O jurado Gustavo Renha, sommelier de cervejas e CEO da Beer Break (RJ), acredita que a qualidade das cervejas caseiras no Brasil melhorou muito nos últimos anos. “Podemos perceber isso claramente no concurso. E isso se deve não só ao fato de haver equipamentos caseiros melhores e mais acessíveis, como também pelas grandes instituições de ensino que temos no país e ao crescimento da bibliografia disponível. O maior diferencial do cervejeiro caseiro hoje é a vontade de adquirir conhecimento e a capacidade de aplicar isso na prática”.

O 4º Concurso Nacional de Cervejas Caseiras da Agrária Malte foi realizado pela Cooperativa Agrária Agroindustrial e contou com a parceria da Weyermann®, Crisp Malting Group, Dingemans e Lallemand.

Agraria Cooperativa Agrária Agroindustrial (42) 3625-8000 saca@agraria.com.br